Economia

Cann10-Portugal investe em Vila de Rei e cria 100 postos de trabalho

Diario Digital Castelo Branco | 2018-11-17 14:25:00

A empresa fitofarmacêutica Cann10-Portugal prepara-se para investir em Vila de Rei, sendo que a aquisição de um lote na Zona Industrial do Souto e o arrendamento com opção de compra do antigo lote da Frutinatura foi aprovado por unanimidade pelo Executivo Camarário na sua reunião de 16 de novembro.

O investimento inicial da Cann10-Portugal será assim a aquisição do Lote 1 da Zona Industrial do Souto, com 4,5 hectares pelo valor de 0,01€ por cada dois metros quadrados, e o arrendamento com opção de compra do Lote 1 da Zona Industrial do Carrascal (antigo edifício da Frutinatura) pelo valor de 374.000€, descontando os valores das rendas, num prazo de quatro anos.

Segundo o comunicado a que o Diário Digital Castelo Branco teve acesso a concretização deste investimento da Cann10-Portugal em Vila de Rei aguarda agora apenas a aprovação do Infarmed – Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saíde, I.P.

Com sede em Alcabideche, Cascais, a Cann10-Portugal pretende instalar em Vila de Rei uma unidade de transformação e, assim que a lei portuguesa o permitir, de produção de produtos fitofarmacêuticos, com base em medical cannabis sativa. As necessidades de mão-de-obra irão atingir, num prazo máximo de quatro anos, os 100 trabalhadores, sendo que, dadas as exigências técnicas, a maioria serão qualificados com título académico superior.

Ricardo Aires, Presidente da Câmara Municipal de Vila de Rei, mostrou-se bastante satisfeito com a conclusão deste processo, destacando que “a vinda da Cann10-Portugal para Vila de Rei vai ser de extrema importância para o Concelho, com a aposta numa indústria inovadora na região. O número de postos de trabalho que serão criados assumem uma elevada importância para a dinamização económica do Concelho, para a fixação e atração de mão-de-obra qualificada e, ao mesmo tempo, valorizamos as capacidades e o potencial do antigo lote da Frutinatura, que se encontrava fora de funções há já vários anos.”

 

 


Publicidade
Meteorologia
Hoje
Amanhã
Noticias
Newsletter
Publicidade
Publicidade
© Diario Digital Castelo Branco 2018
Política de privacidade e cookies
Desenvolvido por citricweb.pt