BE de Castelo Branco lamenta chumbo de projeto para abolir portagens na A23

O Bloco de Esquerda de Castelo Branco lamentou o chumbo, no parlamento, do seu projeto de resolução que recomendava ao Governo a abolição das portagens na A23.

  • Região
  • Publicado: 2018-08-18 16:10:50

O Bloco de Esquerda de Castelo Branco lamentou o chumbo, no parlamento, do seu projeto de resolução que recomendava ao Governo a abolição das portagens na A23.

"A Comissão Coordenadora Distrital de Castelo Branco do Bloco de Esquerda lamenta que tenha sido chumbado, na Assembleia da República, um projeto de resolução do BE que propunha a abolição das portagens na A23", refere, em comunicado, o BE.

No documento, acusam ainda PS e PSD de se voltarem a unir, numa coligação negativa de bloco central contra o Interior e as suas populações.

"O facto dos deputados destas forças políticas, eleitos pelo distrito de Castelo Branco, votarem a favor (PS), se absterem (CDS) ou votarem contra (PSD), não altera o essencial, o projeto foi reprovado e as portagens continuam a manter-se na Beira Interior", sublinham.

Adiantam ainda que têm lutado para dar mais e melhores condições às populações do Interior e consideram que a maioria das suas propostas têm sido inviabilizadas por PS, PSD e CDS.

Os bloquistas acusam ainda os deputados eleitos pelo círculo de Castelo Branco de "hipocrisia" na hora da votação do projeto de resolução.

"Como sabem que as portagens não serão eliminadas, devido à posição dos seus partidos, procuram ficar bem na fotografia e voltar a enganar as populações. O que no fundo não passa de pura hipocrisia", concluem.

PUB

PUB

PUB

PUB