Região

Idanha-a-Nova: Academia de Artes forma na música com reconhecimento internacional

Diario Digital Castelo Branco | 2018-11-08 06:51:00

A Academia de Artes Catarina Chitas, em Idanha-a-Nova, já iniciou o novo ano letivo, pela primeira vez com ensino formal de música e diploma reconhecido a nível internacional.

A novidade decorre do reconhecimento da Associated Board of the Royal Schools of Music (ABRSM), com sede em Londres, que põe em prática na academia idanhense os modelos pedagógicos de uma das mais prestigiadas organizações de ensino musical do mundo.

Na abertura do ano letivo, dia 5 de novembro, o presidente da Câmara de Idanha-a-Nova, Armindo Jacinto, manifestou a sua satisfação: “A Academia de Artes mostra que é possível fazer bem e fazer diferente em Idanha, com a nossa identidade própria. A Catarina Chitas não aprendeu a ler nem a escrever, mas ainda assim foi uma grande poetisa que eternizou a sua voz em Portugal e no mundo, por isso, este reconhecimento internacional obtido por uma escola com o seu nome é a melhor homenagem que se lhe pode fazer”.

Fundada em 2014 e de frequência gratuita, a Academia de Artes Catarina Chitas é coordenada pela Filarmónica Idanhense e apoiada pela Câmara Municipal de Idanha-a-Nova, iniciando o ano letivo 2018/2019 com mais de 100 alunos dos 0 aos 80 anos de idade.

Em Idanha-a-Nova, Cidade Criativa da Música da UNESCO, a instituição já pode lecionar e certificar, em conjunto com a ABRSM, todos os graus de ensino preparatório, desde pré-iniciação até ao 8º Grau, em vários instrumentos, com diploma reconhecido internacionalmente. Fica inserida num sistema de certificação líder mundial em exames de música clássica.

Na oferta formativa constam Formação Musical, Iniciação Rítmica, Informática Aplicada à Música e a aprendizagem de vários instrumentos: flauta, clarinete, saxofone, trompete, trompa, trombone, euphonium, tuba, percussão, piano, guitarra clássica, cavaquinho e viola beiroa.


Publicidade
Meteorologia
Hoje
Amanhã
Noticias
Newsletter
Publicidade
Publicidade
© Diario Digital Castelo Branco 2018
Política de privacidade e cookies
Desenvolvido por citricweb.pt