Região

Sertã entre os 20 melhores municípios portugueses na Qualidade da Governação Local

Diario Digital Castelo Branco | 2018-12-07 05:42:00

O Município da Sertã ocupa o 19.º lugar no ranking da Qualidade da Governação Local em Portugal, concluiu um estudo editado pela Fundação Francisco Manuel dos Santos. Coordenado por António F. Tavares e Luís de Sousa, este estudo avaliou os 308 municípios do país, através de diversas variáveis, e colocou a Sertã no top 20 do municipalismo português.

José Farinha Nunes, presidente da Câmara Municipal da Sertã, mostrou-se “naturalmente satisfeito” com o resultado alcançado, o qual “vem comprovar o excelente trabalho que tem vindo a ser desenvolvido por este Executivo ao longo destes últimos anos”.

Além disso, o edil fez notar que as conclusões deste relatório, onde foram avaliados todos os 308 municípios do país, “sinalizam as boas práticas do Município da Sertã e demonstram o valor, o cuidado e o profissionalismo de todos os envolvidos na gestão autárquica, sejam eles eleitos autárquicos ou funcionários municipais”.

O autarca chamou ainda a atenção para “a validade deste relatório”, pois “a Fundação Francisco Manuel dos Santos é uma entidade credível e avalizada neste tipo de estudos em Portugal, pelo que, uma vez associada a este estudo, valida objetivamente este relatório assim como todas as entidades nele envolvidas”.

Para a condução deste trabalho, foram identificados “diferentes instrumentos e metodologias para medir a qualidade da governação local”, designadamente a “voz dos cidadãos e prestação de contas”, a “estabilidade política”, a “eficácia governamental”, o “acesso e regulação do mercado” e o “Estado de Direito e prevenção da corrupção”.

Numa análise parcelar, o Município da Sertã regista consistentemente bons níveis de desempenho em todas as dimensões, sendo de destacar as variáveis “acesso e regulação do mercado” e “Estado de Direito e prevenção da corrupção”, onde a Sertã conseguiu obter a classificação máxima (banda de desempenho «Líder»). Refira-se que a escala de avaliação contemplava, por ordem decrescente, a banda de desempenho «Líder», «Bom», «Capaz» e «Fraco».

Em termos analíticos e apuradas todas as variáveis, o Município da Sertã está bastante acima da média nacional (19,04), com um Índice de Governação Local de 48,95. Se olharmos apenas para os concelhos que integram a Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, o Município da Sertã é o segundo melhor neste índice, sendo apenas superado por Abrantes.

O relatório «Qualidade da Governação Local em Portugal» procurou “compreender a configuração das relações entre uma variedade de atores, com envolvimento direto ou indireto na governação local e de que forma a sua composição e interação afetam a qualidade das políticas públicas de desenvolvimento local”.


Publicidade
Meteorologia
Hoje
Amanhã
Noticias
Newsletter
Publicidade
Publicidade
© Diario Digital Castelo Branco 2018
Política de privacidade e cookies
Desenvolvido por citricweb.pt