País

Geopark Naturtejo expõe Geodiversidade nas Grutas da Moeda

Diario Digital Castelo Branco | 2017-04-13 06:55:00

As Grutas da Moeda, em São Mamede, no concelho da Batalha, a dois quilómetros de Fátima, têm patente até 29 de outubro uma exposição dedicada ao património geológico do Geopark Naturtejo, Geoparque Mundial da UNESCO.

Com a exposição “Geopark Naturtejo: A Rocha que nos une”, inaugurada no passado sábado, dia 8 , as Grutas da Moeda e o Geopark Naturtejo pretendem aproximar estas duas regiões do Centro de Portugal, ricas em património natural, cultural, religioso, acreditando que a promoção de um  dos mais belos e naturais territórios nacionais será uma mais-valia para quem visita as Grutas da Moeda e o Santuário de Fátima, especialmente neste ano de Comemoração do Centenário das Aparições.

“Este é um exemplo de que se trabalharmos em parceria, conseguimos promover melhor as potencialidades de todo o país, rico em Biodiversidade e Geodiversidade”, referiu Armindo Jacinto, presidente da Naturtejo, na inauguração da exposição, lembrando que “hoje o território português tem excelentes acessibilidades e facilmente nos deslocamos entre as diferentes regiões”.

Este responsável explicou que o objetivo “é conseguirmos que os turistas permaneçam mais tempo em Portugal, para que além dos destinos turísticos mais populares, possam descobrir o resto do país, neste caso as Grutas da Moeda e os 600 milhões de anos de história do Geopark Naturtejo”.

Segundo o comunicado a que o Diário Digital Castelo Branco teve acesso, a mesma opinião foi partilhada por Danilo Guimarães, responsável das Grutas da Moeda, e pelo presidente da Câmara da Batalha, Paulo Batista Santos. “Num pequeno país como o nosso, mas com um património muito rico, podemos fazer coisas diferentes. O Geopark Naturtejo pode contar com a nossa colaboração para que a riqueza geológica e cultural desse território possa ser potenciada nas Grutas da Moeda, uma porta de entrada na Batalha”, afirmou o autarca.

Esta exposição traz às Grutas da Moeda paisagens antigas, seres vivos extintos e uma história repleta de episódios a desvendar no Geopark Naturtejo.

Num ano em que se celebra o Ano Internacional do Turismo Sustentável para o Desenvolvimento, as Grutas da Moeda e o Geopark Naturtejo, ambos parceiros do Roteiro de Minas e Pontos de Interesse Geológico e Mineiro de Portugal, unem-se para se promoverem enquanto destinos turísticos sustentáveis de qualidade, que apostam na inovação e diferenciação.


Publicidade
Meteorologia
Hoje
Amanhã
Noticias
Newsletter
Publicidade
Publicidade
© Diario Digital Castelo Branco 2017
Desenvolvido por citricweb.pt