País

Número de casamentos em Portugal aumentou 3,8 por cento em 2017

Diario Digital Castelo Branco/Lusa | 2018-04-30 16:24:00

O número de casamentos em Portugal aumentou 3,8 por cento em 2017, uma tendência registada desde 2015, segundo as “Estatísticas Vitais” do Instituto Nacional de Estatística (INE) hoje divulgadas.

Segundo os dados hoje divulgados, em 2017 realizaram-se em Portugal 33.634 casamentos, mais 3,8% que no ano anterior (mais 1.235 casamentos).

Desde 2015 que a tendência do número de casamentos tem sido de aumento.

Entre 2010 a 2014, o decréscimo mais significativo verificou-se em 2011, com uma diminuição de 9,9% face a 2010.

Dos casamentos celebrados em 2017 em Portugal, 33.111 realizaram-se entre pessoas de sexo oposto e 523 entre pessoas do mesmo sexo (422 em 2016)

Do total de casamentos entre pessoas do mesmo sexo, 282 foram entre homens e 241 entre mulheres.

Ainda de acordo com as estatísticas, do total de casamentos entre pessoas de sexo oposto 11.153 (33,7%) foram celebrados pelo rito católico, 21.803 (65,8%) realizados só na forma civil (casamentos civis) e 155 (0,5%) segundo outras formas religiosas.

A proporção de casamentos católicos registou uma redução de 1,6 pontos percentuais em relação a 2016 e de 8,4 pontos percentuais face a 2010.

Em 2017, 56,1% dos casamentos – 18 861 – realizaram-se nos meses de verão (entre junho e setembro), sendo agosto o mês com maior frequência (5 263), seguido de setembro (5 224) e de julho (4 808).

Os dados estatísticos do INE revelam ainda que houve em 2017 mais viúvas do que viúvos devido à sobremortalidade masculina.

Em Portugal, em 2017, ocorreram 45.391 dissoluções de casamento por morte do cônjuge, de que resultaram 13 197 viúvos e 32 194 viúvas.


Publicidade
Meteorologia
Hoje
Amanhã
Noticias
Newsletter
Publicidade
Publicidade
© Diario Digital Castelo Branco 2018
Política de privacidade e cookies
Desenvolvido por citricweb.pt