Desporto

Vitória do Sporting da Covilhã deixa Académico de Viseu mais aflito

Diario Digital Castelo Branco/Lusa | 2017-04-19 21:39:00

O Sporting da Covilhã venceu hoje em casa o Académico de Viseu, por 2-1, na 37.ª jornada da II Liga de futebol, e ganhou algum fôlego na luta direta pela manutenção.

Zarabi e Erivelto foram os autores dos golos da vitória dos serranos, que aplicaram a segunda derrota consecutiva aos viseenses e deixaram o emblema comandado por Francisco Chaló apenas um ponto acima da zona do ‘paly-off’ de manutenção.

As duas equipas, que iniciaram a partida separadas por apenas um ponto, equilibraram-se nos primeiros minutos, mas os serranos foram ganhando ascendente e maior acutilância no processo ofensivo, que se saldou no primeiro golo.

Zarabi já tinha ameaçado num lance semelhante, com os mesmos protagonistas. Aos 27 minutos, Gilberto bateu o canto, o central serrano cabeceou mais alto do que Bruno Miguel, e Bura e inaugurou o marcador.

Nos minutos finais, da primeira metade, a formação orientada por Chaló, ex-treinador dos ‘leões da serra’, reagiu e procurou chegar à igualdade, sobretudo com remates de média distância. Valeu Igor Rodrigues para travar as investidas de Sandro Lima e Zé Paulo e o desacerto na pontaria de Capela.

No reatamento, o Sporting da Covilhã surgiu confiante, agressivo, e logo no primeiro minuto da segunda metade Erivelto acertou no poste. Passados três minutos, Diarra isolou Harramiz, só que o santomense não conseguiu bater Rodolfo. Depois, foi Gilberto, de fora da área, a atirar ao lado.

Ao minuto 54, Stéphane cortou no limite o remate de Mike, que reclamou por entender que a bola já tinha passado a linha final. Na jogada seguinte, Nuno Almeida assinalou grande penalidade, por falta de Bruno Loureiro em zona proibida, a desviar o remate de Medarious. Na conversão do castigo máximo, Erivelto aumentou a contagem.

Os viseenses ainda criaram perigo ao minuto 76, com um remate a rasar a barra, mas as melhores ocasiões foram do Covilhã. Aos 82 minutos, Ponde cabeceou ao lado e depois, isolado, não teve engenho para desfeitear Rodolfo.

Nos últimos minutos, faltou pontaria a Bura, central a jogar na frente do ataque dos visitantes, mas no último minuto dos descontos Zé Paulo aproveitou uma falha de Zarabi para reduzir.

 

Jogo no Estádio Santos Pinto, na Covilhã.

Sporting da Covilhã - Académico de Viseu, 2-1.

Ao intervalo: 1-0.

Marcadores:

1-0, Zarabi, 27 minutos.

2-0, Erivelto, 55 (grande penalidade).

2-1, Zé Paulo, 90+6.

 

Equipas

- Sporting da Covilhã: Igor Rodrigues, Mike, Zarabi, Zé Pedro, Marcílio (Ofori, 85), Djikine, Gilberto, Diarra, Harramiz, Medarious, Erivelto (Ponde, 80).

(Suplentes: Igor Araújo, Soares, Ofori, Ponde, Joel, Sambinha, Onyeka).

Treinador: Filipe Gouveia.

- Académico de Viseu: Rodolfo, Joel (Paná, 79), Bruno Miguel, Bura, Stéphane, Capela, Bruno Loureiro (Rui Miguel, 63), Tiago Borges, Moses (Zé Pedro, 52), Zé Paulo e Sandro Lima.

(Suplentes: Elísio, Tiago Gonçalves, Luisinho, Paná, Tomé, Rui Miguel, Zé Pedro).

Treinador: Francisco Chaló.

 

Árbitro: Nuno Almeida (AF Algarve).

Ação disciplinar: Cartão amarelo a Diarra (29), Zé Paulo (32), Bruno Loureiro (55), Gilberto (90+5).

Assistência: Cerca de 200 pessoas.


Publicidade
Meteorologia
Hoje
Amanhã
Noticias
Newsletter
Publicidade
Publicidade
© Diario Digital Castelo Branco 2017
Desenvolvido por citricweb.pt