Cultura

Penamacor: Portugueses e espanhóis construíram coração gigante

Diario Digital Castelo Branco | 2018-05-19 06:53:00

Portugueses e espanhóis construiram o terceiro Coração Terras do Lince em Movimento, no dia 15 de maio, em Penamacor, iniciativa que envolveu cerca de 700 pessoas.

Esta foi apenas uma das atividades do programa do 3º Convívio Cardio-Saudável Transfronteiriço, que envolveu participantes de Penamacor, Valverde del Fresno e Eljas. O dia começou com um pequeno almoço saudável, seguido da construção do coração gigante, que, este ano, teve a particularidade de criar um efeito semelhante ao batimento daquele órgão. Após a construção do coração, decorreu a caminhada “O Lince Mexe-se na Vila Madeiro”.

Esta caminhada foi assinalada como se tratasse de uma prova de orientação. A meio da manhã teve início o “Itinerário Saudável”, com vários ateliês e workshops. Na sede do Agrupamento de Escolas Ribeiro Sanches, decorreram apresentações dos veículos da Proteção Civil, de dispositivos de urgências e salvamento dos Bombeiros Voluntários de Penamacor, da Autoridade Nacional de Proteção Civil - Comando Distrital de Castelo Branco e da Força Aérea Portuguesa, além de ateliês de RCP e salvamentos em acidentes fluviais e uma visita ao stand do Núcleo de Alunos de Enfermagem da Escola Superior de Saúde Dr. Lopes Dias.

Houve, ainda, espaço para workshops educativos sobre obesidade, bullying, consumos e sexualidade. Da parte da tarde, decorreu um ateliê de Salvamento em Montanha e a continuação do “Itinerário Saudável” e dos workshops. No final, foram entregues Certificados de Excelência na promoção da saúde da Comunidade Escolar das Terras do Lince e um momento musical com a Carpe Tuna da Escola Superior de Gestão de Idanha-a-Nova.

Convívio assinalou mês do coração

O Convívio Cardio-Saudável Transfronteiriço, organizado pelo Centro de Saúde de Penamacor, pretendeu assinalar o mês do coração, com uma sinergia transfronteiriça que envolveu, além de diversas entidades parceiras, entre as quais a Câmara Municipal, alunos desde o ensino pré-escolar e primeiro ciclo até ao ensino secundário, dos dois lados da fronteira, e da Academia Sénior de Penamacor. Sendo maio o Mês do Coração, este convívio teve como objetivos capacitar a comunidade na prevenção das doenças cardiovasculares, criar protocolos de rápida articulação entre as diferentes entidades e instituições da região das Terras do Lince e alertar para a necessidade de caminhar e de comer bem, potenciando, desta forma, as crianças a tornarem-se cidadãos mais responsáveis.

Nesta edição, foram também integradas instituições que acrescentam valor ao projeto, como o Comando Distrital da Proteção Civil, que esteve representado pela equipa de Resgate em Alta Montanha e por bombeiros profissionais, a Força Aérea, os Bombeiros Voluntários de Penamacor e o Núcleo dos Alunos de Enfermagem da Escola Superior de Saúde Dr. Lopes Dias, do Instituto Politécnico de Castelo Branco. A presença destes alunos do Ensino Superior encerra a participação de todos os ciclos de ensino, inclusive o universitário.

Este convívio é anual e realiza-se alternadamente em Portugal e Espanha. Esta alternância permite uma experiência mais enriquecedora para os alunos, contactando com culturas diferentes, enriquecendo o seu currículo pedagógico e permitindo o convívio entre crianças portuguesas e espanholas.


Publicidade
Meteorologia
Hoje
Amanhã
Noticias
Newsletter
Publicidade
Publicidade
© Diario Digital Castelo Branco 2018
Política de privacidade e cookies
Desenvolvido por citricweb.pt