Economia

Call Center de Castelo Branco com concurso público internacional de 6,6M€

Diario Digital Castelo Branco/Lusa | 2017-05-18 22:24:00

O Instituto da Segurança Social e a Câmara Municipal de Castelo Branco assinaram hoje um protocolo para o novo centro de contacto, cujo concurso público internacional foi lançado, sendo o valor de seis milhões 607 mil euros para três anos.

"É uma decisão de justiça. Se houve injustiça, essa ocorreu em 2012, com o encerramento [anterior centro de contacto da Segurança Social]", afirmou o presidente da Câmara de Castelo Branco, Luís Correia.

No protocolo hoje assinado entre o município e o Instituto da Segurança Social (ISS), a Câmara de Castelo Branco compromete-se a ceder gratuitamente o centro de contacto à Segurança Social e a concluir as obras de adaptação e os respetivos equipamentos até 30 de setembro de 2017.

O ISS assume a instalação do centro de contacto e a sua colocação em funcionamento, no prazo de 90 dias após a entrega das instalações, sendo o protocolo válido por três anos.

O anterior centro de contacto da Segurança Social arrancou em dezembro de 2008, em Castelo Branco, tinha cerca de 90 postos de atendimento e assegurava apenas o serviço em regime de ?outsourcing'.

Em junho de 2012, foi desativado, dando-se início a um novo projeto de atendimento telefónico, cujo enfoque foi a internalização, com vista à racionalização dos custos.

Após cinco anos, o ISS decidiu instalar em Castelo Branco, o novo centro de contacto que terá 150 posições de trabalho e uma capacidade diária de atendimento de 12 mil chamadas.

O município local investiu um milhão de euros em obras de adaptação do edifício e vai gastar mais 650 mil euros na sua aquisição, visto que tem opção de compra por dois anos.

"Este é um investimento porque vamos criar aqui postos de trabalho. É um dia importante para Castelo Branco. Este investimento não estava previsto no orçamento para 2017, mas a saúde financeira da câmara permite ganhar oportunidades", frisou o autarca.

Já o presidente do conselho consultivo do ISS, Rui Fiolhais, considerou o momento de "muito feliz" para a Segurança Social e adiantou que estava em Castelo Branco para "reparar um dano", numa referência ao encerramento do anterior centro de contacto em 2012.

Este responsável explicou ainda que o concurso público internacional já foi lançado para um período de três anos, sendo que o valor é de seis milhões 607 mil euros, mais IVA.

Adiantou ainda que o centro vai ter uma capacidade diária de 12 mil chamadas, ou seja, vai duplicar a capacidade atual instalada pelos centros distritais que se situa nas seis mil chamadas.

Rui Fiolhais adiantou que 90% dos contratos vão ser sem termo: "Este é o tiro de partida para um novo futuro para a cidade, mas também para a Segurança Social que vai ter um atendimento cada vez mais de excelência".

O espaço de 1.800 metros quadrados, fica situado numa das principais avenidas de Castelo Branco, Avenida 1.º de maio, em pleno centro da cidade, sendo que o município quer também dinamizar o comércio local naquela zona.


Publicidade
Meteorologia
Hoje
Amanhã
Noticias
Newsletter
Publicidade
Publicidade
© Diario Digital Castelo Branco 2017
Desenvolvido por citricweb.pt