Desporto

Sertã: Inscrições abertas XXI Torneio de Futsal Luís Gouveia

Diario Digital Castelo Branco | 2018-01-12 07:39:00

Inicia-se a 3 de fevereiro a 21.ª edição do Torneio Luís Gouveia. Trata-se de um torneio de futsal em que participam no máximo 16 equipas. Decorrerá através de duas séries de jogos (A e B): todas as equipas se defrontam dentro da sua série. À fase seguinte passam as primeiras quatro classificadas de cada série. Os jogos referentes a este torneio realizam-se todos os sábados, no Pavilhão Desportivo Municipal da Sertã, a partir das 19 horas. O torneio termina a 24 de junho de 2018.

As inscrições para equipas (no máximo 16) estão a decorrer até 26 de janeiro, às 16 horas, no Pavilhão Desportivo da Sertã. O sorteio decorrerá naquele local a 29 de janeiro, às 20 horas.

No final do Torneio, a 24 de junho, a equipa posicionada em primeiro lugar leva consigo a réplica do Troféu Luís Gouveia. Haverá ainda o Troféu Fair-play (equipa com o melhor comportamento social em campo), Troféu Melhor Marcador, Troféu Melhor Jogador e Troféu Melhor Guarda-Redes. Aos restantes jogadores serão atribuídos Troféus de Participação.

O objetivo deste torneio anual prende-se com a promoção do Desporto, neste caso do Futsal, e do próprio Município, nas vertentes de lazer e de prática desportiva. Refira-se que este torneio permite a prática de futsal por não federados num ambiente competitivo muito interessante, proporcionando jogos com elevada qualidade técnica. O Torneio Luís Gouveia é um dos mais antigos em todo o distrito de Castelo Branco e que regista maior participação, tendo mais equipas do que o Campeonato de Futsal da Associação de Futebol de Castelo Branco. Foi criado em memória de Luís Manuel Farinha Gouveia. Nasceu na Sertã a 2 de Fevereiro de 1969. Com 12 anos ingressou no escalão de iniciados do Sertanense Futebol Clube. No primeiro ano em que alinha pela equipa sénior esta sobe pela primeira vez à Terceira Divisão Nacional de Futebol. Decorria o ano de 1987 quando Luís Gouveia se candidatou ao Ensino Superior, tendo sido admitido no curso de Engenharia Mecânica, na Universidade Coimbra. Neste ano ingressou no Grupo Desportivo Vitória de Sernache, onde permaneceu durante o tempo que estudou em Coimbra. Posteriormente regressou ao Sertanense Futebol Clube. Uma doença impediu-o de continuar a sua caminhada, tendo desaparecido em 1996.

Foi um atleta dinâmico, com elevada capacidade de liderança e motivação, características estas que se refletiam nos resultados obtidos. É de relembrar o seu carácter íntegro, a lealdade, a solidariedade, a disponibilidade e a vontade de vencer, qualidades fundamentais para o sucesso obtido em vida.


Publicidade
Meteorologia
Hoje
Amanhã
Noticias
Newsletter
Publicidade
© Diario Digital Castelo Branco 2018
Desenvolvido por citricweb.pt