Sporting da Covilhã – Clube insiste que não despediu João Pinto

O Sporting da Covilhã reiterou que não despediu João Pinto, depois de o treinador ter garantido na terça-feira que foi demitido pelo clube da Liga de Honra de futebol.

  • Desporto
  • Publicado: 2011-02-16
  • Autor: Diario Digital Castelo Branco/Lusa

Em comunicado, a direção dos serranos relembra que se reuniu com João Pinto e diz que foi “equacionada, como solução, a saída amigável”, adiantando que foram dadas ao técnico “24 horas para refletir”.

O Sporting da Covilhã acrescenta que terminada a reunião, João Pinto se dirigiu ao balneário onde estavam os jogadores, prontos a iniciar o treino, e lhes comunicou que já não era o treinador.

“De seguida despediu-se dos jogadores e abandonou as instalações do clube”, pormenoriza a direção, que frisa “não perceber as notícias que referem o afastamento do treinador por parte do clube”.

“Eu não me demiti, eu fui mandado embora, fui despedido”, garantiu João Pinto na terça-feira, em declarações à Lusa, sem tecer mais comentários sobre o assunto.

João Pinto chegou ao início da época aos ‘leões da serra’, com quem assinou contrato por duas temporadas. A saída não foi pacífica e em causa está o pagamento de uma eventual indemnização.

PUB

PUB

PUB

PUB