Idanha contemplada com Programa CLDS-4G para coesão social

Idanha-a-Nova é um dos concelhos contemplados para implementação da 4ª geração do Programa de Contratos Locais de Desenvolvimento Social (CLDS-4G), que visa promover a inclusão social de cidadãos que revelem maior fragilidade, através da ação integrada de diferentes parceiros locais.

  • Região
  • Publicado: 2019-02-11
  • Autor: Diário Digital Castelo Branco

Idanha-a-Nova é um dos concelhos contemplados para implementação da 4ª geração do Programa de Contratos Locais de Desenvolvimento Social (CLDS-4G), que visa promover a inclusão social de cidadãos que revelem maior fragilidade, através da ação integrada de diferentes parceiros locais.

A oportunidade resulta do convite endereçado pelo Instituto da Segurança Social à Câmara Municipal de Idanha-a-Nova. A autarquia respondeu favoravelmente ao convite e, após cumpridos os procedimentos de formalização de candidatura, terá durante os próximos três anos o desenvolvimento da nova geração do programa CLDS, que tem permitido impactos muito positivos no território.

O Centro Municipal de Cultura e Desenvolvimento de Idanha-a-Nova foi designado como entidade coordenadora local, devido à reconhecida aptidão e experiência desta entidade em projetos nas áreas da coesão social, da coesão territorial e da coesão cultural.

Para Idanha-a-Nova está cabimentado, no financiamento, o montante de 504.000,00 mil euros, destinado à execução do CLDS-4G.

Neste âmbito será desenvolvido um conjunto alargado de ações, com os diferentes parceiros envolvidos, nos seguintes eixos de intervenção: Emprego, formação e qualificação (Eixo 1); Intervenção familiar e parental, preventiva da pobreza infantil (Eixo 2); e Promoção do envelhecimento ativo e apoio à população idosa (Eixo 3).

Os objetivos passam por aumentar os níveis de coesão social do concelho; intervir nos grupos populacionais com fragilidades mais significativas, promovendo a mudança na situação das pessoas; potenciar a congregação de esforços entre o setor público e o privado na promoção e execução dos projetos; e fortalecer a ligação entre as intervenções a desenvolver e os diferentes instrumentos de planeamento existentes de dimensão municipal.

PUB

PUB

PUB

PUB