Secretária de Estado defende que a educação deve construir bons cidadãos

A secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, Rosa Monteiro, defendeu hoje em Castelo Branco que a educação não deve preparar apenas bons técnicos e adiantou que é fundamental "construir bons cidadãos".

  • Educação
  • Publicado: 2019-02-22
  • Autor: Diário Digital Castelo Branco/Lusa

A secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, Rosa Monteiro, defendeu hoje em Castelo Branco que a educação não deve preparar apenas bons técnicos e adiantou que é fundamental "construir bons cidadãos".

"A educação não deve preparar apenas bons e boas técnicas, nos domínios da matemática, do português, mas é fundamental construir cidadania e construir bons cidadãos e cidadãs. Com este protocolo, estamos a fazer mais cidadania", afirmou.

A governante falava na Escola Básica e Secundária de Alcains na cerimónia de assinatura do protocolo de cooperação para a implementação do Referencial de Educação para a Segurança, a Defesa e a Paz com os 11 municípios do distrito de Castelo Branco.

O protocolo foi desenvolvido em conjunto pelo Ministério da Defesa Nacional e o Ministério da Educação, com a colaboração das Áreas de Governo da Presidência e Modernização Administrativa e da Administração Interna.

"Os protocolos que hoje se assinaram, no fundo, são instrumentos fundamentais de concretização de várias estratégias de política pública nacional, que cruzam as áreas da defesa nacional, da igualdade e da não discriminação e da educação", disse.

Rosa Monteiro realçou ainda que o grande objetivo destes protocolos é trazer para as escolas aquilo que se passa na sociedade e capacitar os professores para os vários domínios da educação para a cidadania.

"O protocolo reconhece e sublinha o papel fundamental que os municípios têm em matéria de educação e de ensino, tendo em conta, efetivamente, a sua proximidade aos cidadãos e profundo conhecimento dos territórios e das comunidades", frisou.

Adiantou ainda que são o veículo de efetivação da estratégia nacional de educação para a cidadania que está hoje implementada em todas as escolas do país.

"Começou com um projeto-piloto, em alguns agrupamentos de escola e, hoje, está amplificado a todo o país, com formação e capacitação de docentes para os vários domínios desta educação para a cidadania. Neste caso concreto, pretendendo-se desenvolver uma cultura de segurança, defesa e paz, como um dos domínios fundamentais da disciplina de cidadania e desenvolvimento", concluiu.

PUB

PUB

PUB

PUB