1º Trail do concelho de Idanha-a-Nova foi realizado em Penha Garcia

O 1º Trail Por Terras do Adufe realizou-se no passado dia 5 de outubro em Penha Garcia, uma organização do Núcleo do Sporting Clube de Portugal de Penha Garcia em parceria com a Espírito Inquieto Outdoor, com os apoios do Município de Idanha-a-Nova e da Freguesia de Penha Garcia.

  • Desporto
  • Publicado: 2019-10-10
  • Autor: Diário Digital Castelo Branco

O 1º Trail Por Terras do Adufe realizou-se no passado dia 5 de outubro em Penha Garcia, uma organização do Núcleo do Sporting Clube de Portugal de Penha Garcia em parceria com a Espírito Inquieto Outdoor, com os apoios do Município de Idanha-a-Nova e da Freguesia de Penha Garcia.

Este evento desportivo em plena natureza teve um balanço muito positivo, tendo sido constituído por três provas para todos os gostos: o Trail Longo de 30 km, o Trail Curto de 19 km e a Caminhada de 9 km

Os participantes puderam desfrutar de percursos que se estendiam pelas serras e montes que envolvem a Vila,  possibilitando vistas das paisagens de Espanha, de Monsanto, das Termas de Monfortinho, do Vale Feitoso e atravessando dois tesouros da Beira Baixa: a "Rota dos Fósseis" e o Castelo Templário de Penha Garcia. 

Os atletas do Trail Longo enfrentaram um desafio de exigência moderada com desnível positivo acima dos 1200 metros, que embora bastante rolante também teve as suas zonas de exigência técnica.

 

Os vencedores foram:

Masculino

1º   Filipe Guerra em 2horas e 59 min, da equipa CCDR Colmeal da Torre

2º   Edgar Salvado em 3horas e 02 min da equipa AB Cansado Trail

3º   Luís Silva em 3horas e 04 min da equipa AB Cansado Trail

 

Feminino 

1ª  Carla Santos em  4horas e 01min da equipa O Mundo da Corrida

2ª  Cristina Santos em 5horas e 05m da equipa Espalhada Trail Team

 

Equipas

1ª AB Cansado Trail

2ª CCDR Colmeal da Torre

3ª Amigos Vale do Silêncio

 

O Trail Curto de 19 km foi a distância mais procurada. De baixa exigência técnica e menos desnível positivo que o Trail Longo, ainda assim as suas duas subidas longas podiam deixar o atleta mais bem preparado em sentido. Pelo meio uma parte rolante e no fim a subida final ao Castelo Templário.

 

Os vencedores foram:

Masculino

1º Ricardo Crespo 1hora e 40min individual

2º Filipe Lourenço 1hora e 42 min da equipa AB Cansado Trail

3º Ricardo Ferreira 1hora e 49min da equipa Zona Alta Trail

 

Feminino 

1ª Ana Ramos em 2 horas e 19min da equipa Clube União Idanhense

2ª Teresa Antão em 2horas e 33min da equipa Casa do Benfica em Castelo Branco

3ª Conceição Santos em 2horas e 37min da equipa Clube União Idanhense

 

Equipas

1ª AB Cansado Trail

2ª Clube União Idanhense

3ª CDCF Aldeia Sto. António

Na caminhada de 9 km foi percorrida a Rota dos Fósseis e realizada uma subida de dificuldade mais elevada pelas encostas mais escondidas de Penha Garcia. 

Célia Costa, presidente do Núcleo Sporting Clube de Portugal de Penha Garcia, garantiu que ficaram registadas as opiniões e sugestões dos atletas a fim de melhorar a organização do próximo Trail e agradeceu a todos os que contribuíram para a realização desta primeira edição.

Tratou-se do primeiro Trail no concelho de Idanha-a-Nova e teve como padrinho da prova Armindo Jacinto, um “filho de Penha Garcia”. O presidente da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova e do Geopark Naturtejo – Geoparque Mundial da UNESCO participou na caminhada e aplaudiu a organização, destacando o potencial deste Território UNESCO para a prática de desporto e de turismo de natureza.

O presidente da Junta de Freguesia de Penha Garcia, Raúl Antunes, frisou a importância do Trail na dinamização económica e social da região, bem como para a sua divulgação em Portugal e no Mundo.

PUB

PUB

PUB

PUB