Castelo Branco: Agrupamento Afonso de Paiva assinala #zerohungerworld – Para um mundo sem fome

O Dia Mundial da Alimentação é celebrado anualmente a 16 de outubro, com o objetivo de sensibilizar para a importância da adoção de políticas, programas e ações visando a eliminação da fome no mundo e assegurar a segurança alimentar da população. Este ano, a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) definiu como tema Healthy Diets for a #zerohungerworld, abordando a promoção de uma alimentação saudável e sustentável.

  • Educação
  • Publicado: 2019-11-07
  • Autor: Diário Digital Castelo Branco

O Dia Mundial da Alimentação é celebrado anualmente a 16 de outubro, com o objetivo de sensibilizar para a importância da adoção de políticas, programas e ações visando a eliminação da fome no mundo e assegurar a segurança alimentar da população. Este ano, a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) definiu como tema Healthy Diets for a #zerohungerworld, abordando a promoção de uma alimentação saudável e sustentável.

As Bibliotecas Escolares (BE) do Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva, com a colaboração dos docentes do 1º ciclo das Escolas Básicas Afonso de Paiva, Mina e S. Tiago e em parceria com a Equipa de Estratégia de Educação para a Cidadania de Escola, assinalaram o Dia Mundial da Alimentação ao longo da semana de 14 a 18 de outubro, em sessões de mediação leitora dirigidas a, aproximadamente, duas centenas de alunos e duas dezenas de professores da comunidade escolar.

As sessões de mediação de leitura realizadas no espaço da BE Afonso de Paiva e orientadas pela educadora Maria da Luz Lopes e pela professora bibliotecária Carla Manuela Nunes, exploraram obras selecionadas a partir do tema alimentação, a saber: “A princesa e a ervilha” de Hans Christian Andersen; “Ainda nada?” de Christian Voltz e “O Frigorífico da Magui” de Lois Brandt.

Houve ainda lugar a conversar com os alunos sobre a importância de comer bem e de como a nutrição influencia tanto a aparência quanto a qualidade de vida, explorar a Roda dos Alimentos e realizar um Eco-Quiz (alunos de 4º ano) sobre alimentação saudável e sustentável, com recurso à aplicação Kahoot utilizando os tablet. Consumir diariamente frutas, legumes, grãos, cereais e carnes magras é o primeiro passo para ter mais saúde, aliado à prática de atividade física, promovendo uma reflexão conjunta sobre hábitos alimentares variados e equilibrados e a introdução de novas práticas no quotidiano de todos, em particular, nos pequenos almoços e lanches. No final, os alunos puderam saborear uma bela espetada de frutas, oferecidas pelos pais e encarregados de educação e preparadas pelas assistentes operacionais.

Com estas sessões de mediação de leitura não só se pretende reforçar as práticas de alimentação saudável e sustentável, como também promover a reflexão sobre temas da atualidade, como a erradicação da pobreza e da fome, uma saúde de qualidade e uma produção e consumo sustentáveis, objetivos 1, 2, 3 e 12 dos ODS das Nações Unidas, articulados com os domínios de Direitos Humanos, Desenvolvimento Sustentável e Saúde, definidos na Estratégia de Educação para a Cidadania de Escola, mobilizando desta forma competências e cruzando conteúdos e conhecimentos, contribuindo igualmente para o desenvolvimento do espírito crítico e de solidariedade, princípios e valores patentes no projeto educativo do agrupamento.

PUB

PUB

PUB

PUB