Covid-19: Escola de Saúde de Castelo Branco dá material de proteção individual à ULS

A Escola Superior de Saúde Dr. Lopes Dias (ESALD) está a ceder material de proteção individual e de uso descartável à Unidade Local de Saúde de Castelo Branco (ULSCB). 

  • Educação
  • Publicado: 2020-03-25
  • Autor: Diário Digital Castelo Branco/Lusa

Em comunicado, a ESALD, que integra o Instituto Politécnico de Castelo Branco (IPCB), explica que se associou ao "grave momento de emergência nacional", através do programa "ESALD Solidária".

"A iniciativa prevê a cedência de material de uso descartável e de proteção individual e a utilização de equipamentos dos laboratórios da escola, que irão contribuir de forma decisiva para o melhor apoio a todos os que necessitam", lê-se na nota.

Adianta ainda que vão ser disponibilizados equipamentos da Unidade de Investigação e Desenvolvimento do IPCB, adquiridos no âmbito dos seus programas de investigação.

O objetivo é contribuir com material clínico diverso, disponível na ESALD, para aumentar a capacidade de resposta da Unidade Local de Saúde de Castelo Branco.

O novo coronavírus responsável pela pandemia de Covid-19 foi detetado em dezembro de 2019 na China e já infetou mais de 428.000 pessoas em todo o mundo, das quais cerca de 19.000 morreram.

O continente europeu é atualmente o que regista maior número de novos casos, 226.000, sendo Itália o país com mais vítimas mortais em todo o mundo. Contabiliza 6.820 mortos em 69.176 diagnósticos positivos e, desses infetados, mais de 7.000 já foram dados como curados pelas autoridades.

Em Portugal, a Direção-Geral da Saúde indicou hoje que a pandemia de covid-19 já provocou 43 mortes e 2.995 infetados.

Dada a evolução da pandemia, no dia 17 o Governo declarou o estado de calamidade pública no concelho de Ovar e, desde as 00:00 do dia 19, todo o país se encontra em estado de emergência, o que vigorará até às 23:59 do dia 02 de abril.

PUB

PUB

PUB