Região

ADRACES entrega diplomas às Academias Seniores de Vila Velha de Ródão e Penamacor

Diario Digital Castelo Branco | 2017-06-22 14:35:00

A Associação para o Desenvolvimento da Raia Centro Sul (ADRACES ), entidade que dinamiza as Academias Seniores de entregou, na festa de encerramento do ano letivo, os diplomas de frequência às duas centenas de alunos que participaram no projeto de aprendizagem ao longo da vida.

Numa parceria entre a ADRACES e as Câmaras Municipais de Vila Velha de Ródão e Penamacor, integradas na Rede de Universidades da Terceira Idade (RUTIS), as Academias Seniores puseram um ponto final ao ano letivo numa celebração que reuniu em festa cerca de duzentos alunos e 50 professores na iniciativa, que tem como principal objetivo promover um momento de confraternização entre alunos e docentes antes da interrupção para as férias de Verão.

Em Penamacor estão cumpridos três anos de atividades que valorizam os seus 124 alunos e 25 professores. António Luís Beites, o presidente do município afirma em comunicado enviado ao Diário Digital Castelo Branco que “hoje a Academia Sénior é já uma referência incontornável em Penamacor” e concluiu que o empenho de todos “torna esta Academia atrativa, dinâmica e interessante”.

Lê-se na mesma nota de imprensa que António Realinho, diretor da ADRACES, refere que os últimos três anos, “temos conseguido e diria mesmo excedido todas as expectativas. Fizemos das fraquezas forças e captámos a atenção e o interesse de um número crescente de alunos interessados e professores qualificados sem esquecer a importância que o dia-a-dia desta Academia tem na vida de tantos”.

Em Vila Velha de Ródão, o responsável da Academia Sénior que encerra o ano letivo com 130 alunos e 20 professores frisa que “este projeto tem em si a realização das pessoas que desde a primeira hora perceberam a importância que a Academia tem nas suas vidas, porque é através das atividades que aqui desenvolvem que se sentem úteis, felizes e valorizadas. E quando um projeto destes tem esta dimensão não poderíamos estar mais satisfeitos”.

António Realinho é ainda perentório ao afirmar que “o sucesso das Academias de Vila Velha de Ródão e Penamacor só foi alcançado com esta dimensão porque as respectivas Autarquias, em particular os seus presidentes, Luís Pereira e António Beites, se empenharam desde a primeira hora com a capacitação dos recursos das autarquias ao serviço da causa que é de todos. Sem o apoio das autarquias, das Juntas de Freguesia, dos Agrupamentos de Escolas de Vila Velha e Penamacor, os Bombeiros, a GNR, Casa de Artes de Vila Velha, Biblioteca Municipal de Vila Velha e Penamacor e particularmente do voluntariado dos professores nunca seria possível o projeto alcançar a dimensão que tem”.

Luís Pereira, presidente da Câmara Municipal de Vila Velha de Ródão, lembra no comunicado de imprensa a importância do projeto para as pessoas referindo que “hoje é tão importante estar aqui como é estar a inaugurar uma grande obra”. Para o autarca, “esta academia é um bom exemplo de quando as instituições funcionam e funcionam bem e têm capacidade para dialogarem e perceberem o que é importante para o seu território”. Para Luís Pereira “foi muito fácil fazer acontecer este projeto, primeiro porque há um bom relacionamento entre a ADRACES e a autarquia e, em segundo lugar, porque tem a capacidade e a dinâmica dos técnicos envolvidos e dos professores voluntários”. 


Publicidade
Meteorologia
Hoje
Amanhã
Noticias
Newsletter
Publicidade
Publicidade
© Diario Digital Castelo Branco 2017
Desenvolvido por citricweb.pt