Castelo Branco: InovCluster trabalha com parceiros europeus para criar um ecossistema alimentar saudável

A InovCluster deu início a um novo projeto internacional. O projeto Atlantic Area healthy food Ecosystem AFHES tem como objetivo criar um ecossistema inovador com acesso ao conhecimento, parceiros e novos mercados com vista ao aumento do conhecimento e capacidade das PMEs de fornecer o mercado com inovadoras soluções ao nível dos alimentos saudáveis.

  • Economia
  • Publicado: 2019-06-13
  • Autor: Diário Digital Castelo Branco

A InovCluster deu início a um novo projeto internacional. O projeto Atlantic Area healthy food Ecosystem AFHES tem como objetivo criar um ecossistema inovador com acesso ao conhecimento, parceiros e novos mercados com vista ao aumento do conhecimento e capacidade das PMEs de fornecer o mercado com inovadoras soluções ao nível dos alimentos saudáveis.

Trabalhar com sete parceiros europeus, num projeto 1.2 milhões de euros cofinanciado pela União Europeia através do FEDER e do programa Interreg ATLANTIC, irá aumentar a competitividade a das PMEs locais e permitir-lhes aumentar a sua competitividade neste setor emergente.

Em Portugal, este projeto é desenvolvido pela InovCluster e pelo INSA – Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge e reúne parceiros da França (Association du Pole de Competivite VALORIAL), da Espanha (CLUSAGA e EIT Food CLC South, S.L.), da Irlanda (Northern Ireland Food & Drink Association e a National University of Ireland Galway) e do Reino Unido (BIC Innovation, apoiado pelo parceiro associado – o Governo do País de Gales) que criarão uma rede colaborativa entre empresas e organizações para responder às necessidades do mercado da alimentação saudável.

Os oito parceiros que compõem esta parceria, estiveram numa reunião de início de projeto durante dois dias, em Santiago de Compostela, nas instalações do líder do projeto, o CLUSAGA, para discutir as últimas oportunidades ao nível da investigação neste setor em cada uma das regiões participantes e para alinhar a estratégia de implementação do projeto que se prolongará até ao fim de 2022.

Cláudia Domingues Soares, Presidente da InovCluster salienta em comunicado que, “O foco do Projeto AHFES é o de apoiar as empresas do setor da alimentação e bebidas a ultrapassar as barreiras que encontram quando pretendem desenvolver novos produtos dirigidos ao mercado dos alimentos e bebidas saudáveis. Esta reunião de parceiros foi uma oportunidade mútua, quer para a equipa da InovCluster, quer para os restantes representantes das instituições parceiras, de aprender mais acerca de como transferir para a indústria e mercado os novos conhecimentos e tecnologias e de criar uma estratégia clara de apoio às PMEs afim de as fazer chegar aos seus mercados alvo.” Outros eventos de networking serão desenvolvidos nas várias regiões parceiras deste projeto ao longo dos próximos três anos. 

PUB

PUB

PUB