Proença-a-Nova: Passeios pedestres continuam a afirmar-se como produto turístico

Os passeios pedestres voltam a marcar a agenda de eventos de 2020, sendo uma das iniciativas mensais que tem mais tem crescido desde a sua criação há 16 anos, um produto turístico que complementa os percursos de pequena rota existentes, a GR39 – Grande Rota da Cortiçada e a futura Rota das Aromáticas, que está a ser implementada, um atrativo para quem participa e motivo acrescido para que mais pessoas se deixem encantar pelo território de Proença-a-Nova. 

  • Economia
  • Publicado: 2020-01-14
  • Autor: Diário Digital Castelo Branco

Os passeios pedestres voltam a marcar a agenda de eventos de 2020, sendo uma das iniciativas mensais que tem mais tem crescido desde a sua criação há 16 anos, um produto turístico que complementa os percursos de pequena rota existentes, a GR39 – Grande Rota da Cortiçada e a futura Rota das Aromáticas, que está a ser implementada, um atrativo para quem participa e motivo acrescido para que mais pessoas se deixem encantar pelo território de Proença-a-Nova.  

Quase 1.500 pessoas percorreram um total de 115,5 quilómetros nos passeios pedestres mensais organizados pelo Município de Proença-a-Nova durante o ano de 2019. Este número representa uma média de 122 pedestrianistas por passeio. Aquele que registou mais participantes foi novamente o NaTal Rota Gourmet, o passeio temático do mês de dezembro, que além do percurso destaca também a gastronomia natalícia e contou com 250 pessoas, na sua maioria oriundos de fora do concelho, tal como acontece na generalidade dos passeios mensais, uma prova de sustentação desta atividade como produto turístico. A novidade em 2019 foi o passeio pedestre noturno, em setembro, e que desafiou os mais corajosos a percorrer os trilhos das bruxas e dos lobisomens numa sexta-feira 13. As estórias fantásticas e misteriosas que alimentaram durante décadas o imaginário das pessoas sustentado pelo medo, pelo mistério e pela tradição fizeram durante anos parte da cultura das aldeias serviram de inspiração para o evento que em 2020 irá ser replicado a 13 de março. Além destes passeios temáticos, destaque ainda para os habituais “Montes de Cereja”, a 24 de maio, o “Adormecer o Sol”, a 21 de junho e o “A ver o mar”, a 19 de julho. Nos restantes meses, o passeio realiza-se como habitualmente ao terceiro domingo do mês (pode consultar a lista completa dos passeios de 2020 em https://www.cm-proencanova.pt/Lazer/ContentShow.aspx?ContentId=73). O primeiro do ano vai levar os caminheiros até ao norte do concelho, mais concretamente à aldeia de Fórneas, num percurso com 9 quilómetros, com um grau de dificuldade médio/difícil e cujas as inscrições estão a decorrer até dia 16 no site do Município (https://www.cm-proencanova.pt/Lazer/FormularioPasseioPedestre) ou no Posto de Turismo.

De ano para ano, o número de participantes tem vindo a crescer, apesar de em 2018 se ter registado um número superior (1670), devido à comemoração do passeio 150 que teve mais de 600 participantes, o número de inscritos nos restantes meses foi menor em relação ao ano passado. Em 2017, foram percorridos 109 quilómetros e contou com 1285 participantes. Desde há 16 anos que os passeios pedestres já percorreram perto de 1.600 quilómetros no concelho, descobrindo recantos da paisagem natural, a autenticidade gastronómica, as gentes e o bem-receber que caracteriza os beirões. 

Recorde-se que em 2020 vai continuar a ser distribuído o passaporte “Mil Andanças por Proença” no âmbito do qual os caminheiros que percorrerem 50, 100 ou 150 quilómetros nos passeios mensais, nos percursos pedestres de pequena rota ou ainda nos trilhos de praia recebem uma t-shirt alusiva ao patamar alcançado e ainda uma oferta para quem percorre 100 e 150 quilómetros. O passaporte pode ser solicitado no Posto de Turismo, onde também podem obtidas informações adicionais sobre esta atividade.

PUB

PUB

PUB