Maestro Victorino d’Almeida e Nádia Sousa em concerto na Sertã

A “Pequena História da Canção Francesa” é o título do concerto que contará com o Maestro António Victorino d’Almeida ao piano e a voz da Solista Nádia Sousa, no próximo dia 12 janeiro, às 21 horas, na Casa da Cultura da Sertã.

  • Cultura
  • Publicado: 2019-01-07
  • Autor: Diario Digital Castelo Branco

A “Pequena História da Canção Francesa” é o título do concerto que contará com o Maestro António Victorino d’Almeida ao piano e a voz da Solista Nádia Sousa, no próximo dia 12 janeiro, às 21 horas, na Casa da Cultura da Sertã.

Ao longo de cerca de duas horas, o duo irá revisitar a música, vida e obra de grandes artistas franceses: Edith Piaf, Jaques Brel, Charles Aznavour, entre outros, numa “sintonia sublime envolta na magia própria da ambiência francófona”, revelando pormenores de como foram compostos os temas. Organizado pelo Município da Sertã, o concerto terá entrada livre.

Nascido em Lisboa a 21 de maio de 1940, António Victorino d’Almeida iniciou os estudos musicais aos seis anos e aos 13 iniciou a sua carreira de pianista. É ainda compositor, escritor, realizador de cinema e de televisão, encenador, conferencista e comunicador. A sua vasta criação integra uma discografia de mais de 20 referências como compositor e três como pianista, um catálogo de compositor de mais de 130 opus (e 50 canções fora de catálogo), autoria de obras literárias, musicológicas e políticas, realização de célebres séries televisivas, documentários, longas metragens e programas radiofónicos, música original para teatro, cinema e televisão, vários títulos de dramaturgia operática e teatral e até participações como actor.  

Nádia Sousa nasceu a 21 de agosto de 1978 em Bruxelas. Aos seis anos começou a frequentar aulas de Ballet e música. Aos nove anos veio morar para Portugal e aos 16 anos entrou no Conservatório de Faro, onde frequentou a classe de canto. Cantou árias clássicas, gospel e jazz e lançou dois singles. Aos 17 anos percorreu cidades portuguesas com espetáculos a solo de música portuguesa e francesa. Venceu a edição de 2000 do programa “Chuva de Estrelas” com o tema “La Vie en Rose” de Edith Piaf. É membro do projecto musical “Spelling Nadja”.

PUB

PUB

PUB

PUB