Castelo Branco: Plataforma de luta contra portagens agenda novas ações de protesto

A Plataforma P’la Reposição das SCUT reuniu dia 14 de Janeiro para avaliar a mais recente decisão do governo de reduzir o valor das portagens para os veículos de mercadorias, aplicando ainda um desconto adicional de 25% para as empresas sediadas em territórios de baixa densidade. 

  • Região
  • Publicado: 2019-01-16
  • Autor: Diario Digital Castelo Branco

A Plataforma P’la Reposição das SCUT reuniu dia 14 de Janeiro para avaliar a mais recente decisão do governo de reduzir o valor das portagens para os veículos de mercadorias, aplicando ainda um desconto adicional de 25% para as empresas sediadas em territórios de baixa densidade.

A Plataforma reafirma que estas medidas, sendo já resultado da pressão que temos feito, são insuficientes e que a redução progressiva deve ser aplicada a todos os utentes sem excepção. Face a este descontentamento, a Plataforma agendou novas ações públicas de protesto pela suspensão das portagens na A23 e A25, a terem lugar em vários pontos da região e junto à fronteira com Espanha, em datas a anunciar brevemente.

Chamamos particular atenção para a primeira manifestação prevista para dia 16 de Fevereiro, junto à nova Secretaria de Estado pela Valorização do Interior, em Castelo Branco, manifestando a Plataforma, total disponibilidade para voltar a ser recebida pelo Secretário de Estado, João Paulo Catarino.

Já no início de Maio, a Plataforma pretende organizar uma grande iniciativa junto à fronteira com Espanha, com a colaboração/participação de sindicatos e os trabalhadores que representam, associações empresariais e as empresas e a comunidade de ambos os lados da fronteira, numa ação de protesto pelos custos praticados nas autoestradas portuguesas, esperando que o impacto tenha repercussão e seja levado a sério.

PUB

PUB

PUB

PUB