Beira Baixa exposta sob Perspetiva

A Comunidade Intermunicipal da Beira Baixa (CIMBB), composta pelos municípios de Castelo Branco, Idanha-a-Nova, Oleiros, Penamacor, Proença-a-Nova e Vila Velha de Rodão apresentou, no sábado passado dia 4, o projeto expositivo 'Beira Baixa sob Perspetiva'.

  • Cultura
  • Publicado: 2019-05-08
  • Autor: Diário Digital Castelo Branco

A Comunidade Intermunicipal da Beira Baixa (CIMBB), composta pelos municípios de Castelo Branco, Idanha-a-Nova, Oleiros, Penamacor, Proença-a-Nova e Vila Velha de Rodão apresentou, no sábado passado dia 4, o projeto expositivo 'Beira Baixa sob Perspetiva'.

A inauguração da exposição decorreu no museu Francisco Tavares Proença Júnior. A cerimónia foi presidida pelo Vice-Presidente da Câmara Municipal de Castelo Branco, José Alves, e pelo Secretário Executivo da CIMBB, Hélder Henriques, congratulando-se pela concretização deste projeto expositivo de cariz intermunicipal.

Beira Baixa sob Perspetiva é uma amostra do património cultural da área de abrangência territorial da CIMBB e alia às imagens de Pedro Martins e Válter Vinagre o escutar de Filipe Faria num magnífico contexto museológico. É este diálogo entre som, imagens e objetos que tornam esta exposição peculiar. Depois de ter passado por, Proença-a-Nova, Vila Velha de Rodão e Oleiros, em Castelo Branco assumem relevância alguns objetos relacionados com a herança romana. Um programa a não perder e que poderá visitar até dia 30 de Junho no horário habitual do Museu Francisco Tavares Proença Júnior.

O projeto Beira Baixa sob Perspetiva é desenvolvido no âmbito da iniciativa Beira Baixa Cultural, cofinanciada pelo Programa Regional Centro 2020, Portugal 2020 da EU através do FEDER.

PUB

PUB

PUB

PUB