Incêndios: Proença-a-Nova e Vila Velha de Ródão em risco máximo

Sete concelhos dos distritos de Faro, Portalegre, Castelo Branco e Santarém apresentam hoje um risco máximo de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Em risco máximo estão os concelhos de Alcoutim (Faro), Mação (Santarém), Gavião, Marvão, Nisa (Portalegre), Proença-a-Nova e Vila Velha de Ródão (Castelo Branco).

  • Região
  • Publicado: 2019-10-10
  • Autor: Diário Digital Castelo Branco

Sete concelhos dos distritos de Faro, Portalegre, Castelo Branco e Santarém apresentam hoje um risco máximo de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Em risco máximo estão os concelhos de Alcoutim (Faro), Mação (Santarém), Gavião, Marvão, Nisa (Portalegre), Proença-a-Nova e Vila Velha de Ródão (Castelo Branco).

O IPMA colocou também vários concelhos dos distritos de Faro, Santarém, Portalegre, Castelo Branco, Guarda, Viseu, Vila Real e Bragança em risco muito elevado de incêndio.

De acordo com o IPMA, até ao fim de semana vai manter-se o risco de incêndio muito elevado em vários concelhos do continente.

Este risco de incêndio determinado pelo IPMA tem cinco níveis, que vão de reduzido a máximo.

Os cálculos para este risco são obtidos a partir da temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

O IPMA prevê para hoje céu geralmente limpo, subida da temperatura máxima, mais significativa no litoral Norte e Centro.

Está também previsto vento fraco a moderado do quadrante leste, soprando moderado de noroeste na faixa costeira ocidental.

Nas terras altas, o vento será moderado a forte do quadrante leste, sendo nas regiões Norte e Centro até meio da manhã e a partir do meio da tarde no Algarve.

As temperaturas mínimas no continente vão oscilar 08 graus Celsius (Braga e Guarda) e os 18 (em Faro) e as máximas entre os 23 (em Aveiro) e os 32 (em Évora).

PUB

PUB

PUB

PUB