Ródão: Prejuízos de 25 mil euros em infraestruturas públicas pela seca no rio Tejo

O presidente da Câmara de Vila Velha de Ródão afirma que existe um prejuízo de 25 mil euros nas infraestruturas públicas danificadas no concelho devido à descida do caudal da água no rio Tejo.

  • Região
  • Publicado: 2019-12-03
  • Autor: Diário Digital Castelo Branco com Lusa

O presidente da Câmara de Vila Velha de Ródão afirma que existe um prejuízo de 25 mil euros nas infraestruturas públicas danificadas no concelho devido à descida do caudal da água no rio Tejo.

"O levantamento já foi feito e em Vila Velha de Ródão tem a ver com o acesso à barragem de Cedillo [Espanha] na zona de Monte Fidalgo. Tem a ver com a zona onde atracam os barcos", afirmou ontem, à agência Lusa, Luís Pereira.

Em declarações à TSF, o ministro do Ambiente e da Ação Climática, João Matos Fernandes, adiantou que o Governo está a trabalhar com as autarquias afetadas pela barragem de Cedillo para que os prejuízos causados nas estruturas locais sejam "rapidamente repostos ou financiados pela Agência Portuguesa do Ambiente".

O autarca de Vila Velha de Ródão, no distrito de Castelo Branco, confirmou que o levantamento dos prejuízos causados pela descida do caudal da água no rio Tejo está feito, mas para as infraestruturas públicas.

"É necessário a sua reposição e garantir a segurança das infraestruturas públicas que foram danificadas com a variação do nível de água na barragem [Cedillo]", frisou.

PUB

PUB

PUB

PUB