Bloco de Esquerda denuncia avaria no raio X do Hospital do Fundão

O BE denunciou hoje que o raio X do Hospital do Fundão está "avariado há mais de 15 dias", mas o Centro Hospitalar garantiu que o problema está circunscrito à digitalização e que não pôs em causa o serviço.

  • Região
  • Publicado: 2019-12-03
  • Autor: Diário Digital Castelo Branco/Lusa

O BE denunciou hoje que o raio X do Hospital do Fundão está "avariado há mais de 15 dias", mas o Centro Hospitalar garantiu que o problema está circunscrito à digitalização e que não pôs em causa o serviço.

Em nota de imprensa enviada à agência Lusa, o Núcleo Concelhio do BE diz que tomou conhecimento de que o raio X está avariado e sublinha que esta situação causa "graves transtornos à população do concelho".

O BE destaca igualmente que a avaria também abrange de população de outros concelhos, "porque muita gente tem feito marcações de exames com credencial exterior", ou seja, a pedido de centros de saúde e de consultórios privados.

"Neste momento, o funcionamento do equipamento é extremamente necessário, visto que o centro de diagnóstico da Covilhã tem o raio X avariado há bastante tempo", acrescenta o BE, referindo-se a uma entidade privada que prestava este serviço na região.

Para os bloquistas, a situação "é lesiva dos direitos dos utentes, que ficam sem acesso a este importante meio complementar de diagnóstico" e, por isso mesmo, prometem questionar as entidades competentes sobre o assunto.

Contactado pela agência Lusa, o presidente do Centro Hospitalar Universitário Cova da Beira (CHUCB) esclareceu que o problema está limitado ao processo de digitalização da imagem, mas que o aparelho continua a funcionar e que o serviço não foi colocado em causa.

"Temos o aparelho a funcionar quer para a urgência quer para o internamento. Agora, os pedidos externos que surgem do Centro de Saúde são encaminhados para a Covilhã, de modo a evitar uma sobrecarga no processo da digitalização", frisou João Casteleiro.

Este responsável sublinhou ainda que os pedidos externos são em maior número porque o aparelho do privado está avariado, tendo a resposta ficado limitada ao serviço público.

João Casteleiro esclareceu ainda que a avaria na digitalização do raio X do Hospital do Fundão foi comunicada no dia 18 de novembro e que foi "imediatamente" pedido orçamento à empresa responsável.

"A reparação já foi autorizada e só estamos à espera que a empresa venha realizá-la", acrescentou.

O Hospital do Fundão integra o Centro Hospitalar Universitário Cova da Beira, que tem sede na Covilhã, no distrito de Castelo Branco.

PUB

PUB

PUB

PUB