Idanha-a-Nova celebra "A Música dos Dias durante uma semana

No território de Idanha-a-Nova, Cidade Criativa da Música da UNESCO, o Dia Mundial da Música terá direito a uma semana de celebrações, que decorrem entre os dias 1 a 6 de outubro.

  • Cultura
  • Publicado: 2019-09-30
  • Autor: Diário Digital Castelo Branco

No território de Idanha-a-Nova, Cidade Criativa da Música da UNESCO, o Dia Mundial da Música terá direito a uma semana de celebrações, que decorrem entre os dias 1 a 6 de outubro.

Sob o título "A Música dos Dias", promove-se um conjunto diversificado de iniciativas e sonoridades que se destinam a todos os públicos, traduzindo-se numa multiplicidade de diálogos: musicais, culturais e educativos.

No Dia Mundial da Música, 1 outubro, pelas 17h30, o Foyer do Centro Cultural Raiano recebe "A música que fazemos…”, uma iniciativa em modo de conversa, com Joaquim Martins e Eduardo Lopes, músicos que estão na génese de distintos projetos musicais que tomaram forma em Idanha-a-Nova.

Na manhã dessa terça-feira, pelas 10h30, a Festa do Idoso, no Centro Cultural do Ladoeiro, conta com a participação do Grupo de Canto Tradicional da Universidade Sénior de Idanha-a-Nova nas comemorações do Dia Internacional do Idoso, que coincidem com o Dia Mundial da Música.

Entretanto, de 1 a 4 de outubro, a dimensão da Música também será explorada nas atividades de enriquecimento curricular do 1º Ciclo das escolas do concelho de Idanha-a-Nova. Desta forma chega-se aos mais pequenos, num território que trabalha a música desde a mais tenra idade.

Finalmente, o encontro AgriCultura – Poesia e Música para Sementes, que decorre de 4 a 6 de outubro na Aldeia Histórica de Idanha-a-Velha, terá na música uma componente central. A iniciativa é uma parceria entre o Município de Idanha-a-Nova e as Sementes Vivas que alia a música, à poesia, à agricultura e às sementes.

Integrado neste evento, na sexta-feira, dia 4, poderá assistir a uma performance de poesia e percussão por Adalberto Alves & Baltazar Molina na Sé-Catedral de Idanha-a-Velha, pelas 16h00. A noite será abrilhantada por um concerto de música celta e irlandesa dos Beltane, igualmente na Sé-Catedral, pelas 21h30.

No sábado, dia 5, primeiro às 11h00 e depois às 15h00, Paula Varandas realiza ateliers para crianças e famílias no Posto de Turismo de Idanha-a-Velha, onde se combinam sons, cores, palavras e sementes.

Em seguida, às 18 horas, Sérgio Peixoto e Filipe Faria orientam um Workshop de Voz na Sé-Catedral de Idanha-a-Velha. O programa de sábado termina neste mesmo espaço, pelas 21h30, com o concerto do grupo Sete Lágrimas, a cumprir 20 anos de existência e com uma forte ligação ao território de Idanha-a-Nova.

No dia 6 de outubro, domingo, a iniciativa AgriCultura terá um primeiro momento musical por Lina Gameiro e Tó Rascão (voz, adufe e viola beiroa), na Sé-Catedral de Idanha-a-Velha, pelas 11h00. Logo a seguir, Baltazar Molina encerra o evento com uma performance de percussão, a partir das 12h15.

A iniciativa "A Música dos Dias" é apoiada pelo Projeto Cinco: Cinco Municípios. Cinco Culturas. Cinco Sentidos – Programação Cultural em Rede.

PUB

PUB

PUB

PUB