Castelo Branco: Cláudia Gaspar é Campeã do Mundo de Judo Síndrome de Down

A atleta Cláudia Gaspar -57 Kg da Escola de Judo Ana Hormigo e Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão com Dificiencia Mental (APPACDM) de Castelo Branco, sagrou-se Campeã do Mundo de Síndrome de Down, vencendo assim a respetiva medalha de ouro nos 2019 International Championships - Guimarães – Portugal, que se realizaram no sábado passado, dia 30 de Novembro, com a representação para além de Portugal dos seguintes países, a saber Roménia, Croácia, Suécia, Polónia, Turquia e Turquemenistão.

  • Desporto
  • Publicado: 2019-12-02
  • Autor: Diário Digital Castelo Branco

A atleta Cláudia Gaspar -57 Kg da Escola de Judo Ana Hormigo e Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão com Dificiencia Mental (APPACDM) de Castelo Branco, sagrou-se Campeã do Mundo de Síndrome de Down, vencendo assim a respetiva medalha de ouro nos 2019 International Championships - Guimarães – Portugal, que se realizaram no sábado passado, dia 30 de Novembro, com a representação para além de Portugal dos seguintes países, a saber Roménia, Croácia, Suécia, Polónia, Turquia e Turquemenistão.

Segundo informação a que o Diário Digital teve acesso, os atletas da equipa albicastrense recentemente convocados pela ANDDI Portugal, dignificaram da melhor forma o clube, a sua instituição APPACDM de Castelo Branco, a região e o seu próprio país ao alcançarem para além do excecional resultado de Cláudia Gaspar, um brilhante segundo lugar e respetivo título de Vice Campeão do Mundo para Digo Côrte -73 Kg e ainda um medalhado de bronze na categoria de -60 Kg Paulo Mendes.

Cláudia Gaspar, recentemente campeã nacional na competição realizada pela Federação Portuguesa de Judo em Odivelas, foi uma das apostas da ANDDI para esta categoria, não defraudando e realizando uma competição muito conseguida, com momentos de muita qualidade e empenho em todos os encontros que realizou, vencendo de forma categórica a sua categoria de peso e cantando “A Portuguesa” no pódio no momento mais alto e importante da competição. Esta foi a primeira medalha internacional de Cláudia Gaspar que viu assim reconhecido o seu excelente trabalho realizado ao longo de toda a época desportiva, seguem-se agora novos desafios internacionais através da convocatória da ANDDI para representar novamente Portugal, no próximo mês de março em Antalia na Turquia nos II Trisome Games 2019. 

PUB

PUB

PUB

PUB