Castelo Branco: Cláudia Gaspar é Campeã do Mundo de Judo Síndrome de Down

A atleta Cláudia Gaspar -57 Kg da Escola de Judo Ana Hormigo e Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão com Dificiencia Mental (APPACDM) de Castelo Branco, sagrou-se Campeã do Mundo de Síndrome de Down, vencendo assim a respetiva medalha de ouro nos 2019 International Championships - Guimarães – Portugal, que se realizaram no sábado passado, dia 30 de Novembro, com a representação para além de Portugal dos seguintes países, a saber Roménia, Croácia, Suécia, Polónia, Turquia e Turquemenistão.

  • Desporto
  • Publicado: 2019-12-02
  • Autor: Diário Digital Castelo Branco

A atleta Cláudia Gaspar -57 Kg da Escola de Judo Ana Hormigo e Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão com Dificiencia Mental (APPACDM) de Castelo Branco, sagrou-se Campeã do Mundo de Síndrome de Down, vencendo assim a respetiva medalha de ouro nos 2019 International Championships - Guimarães – Portugal, que se realizaram no sábado passado, dia 30 de Novembro, com a representação para além de Portugal dos seguintes países, a saber Roménia, Croácia, Suécia, Polónia, Turquia e Turquemenistão.

Segundo informação a que o Diário Digital teve acesso, os atletas da equipa albicastrense recentemente convocados pela ANDDI Portugal, dignificaram da melhor forma o clube, a sua instituição APPACDM de Castelo Branco, a região e o seu próprio país ao alcançarem para além do excecional resultado de Cláudia Gaspar, um brilhante segundo lugar e respetivo título de Vice Campeão do Mundo para Digo Côrte -73 Kg e ainda um medalhado de bronze na categoria de -60 Kg Paulo Mendes.

Cláudia Gaspar, recentemente campeã nacional na competição realizada pela Federação Portuguesa de Judo em Odivelas, foi uma das apostas da ANDDI para esta categoria, não defraudando e realizando uma competição muito conseguida, com momentos de muita qualidade e empenho em todos os encontros que realizou, vencendo de forma categórica a sua categoria de peso e cantando “A Portuguesa” no pódio no momento mais alto e importante da competição. Esta foi a primeira medalha internacional de Cláudia Gaspar que viu assim reconhecido o seu excelente trabalho realizado ao longo de toda a época desportiva, seguem-se agora novos desafios internacionais através da convocatória da ANDDI para representar novamente Portugal, no próximo mês de março em Antalia na Turquia nos II Trisome Games 2019. 

PUB

PUB

PUB