Ralicross de Castelo Branco com número nunca antes alcançado

Decorreu nos passados dias 11 e 12 de abril, a segunda prova pontuável para o Campeonato de Portugal de Ralicross, Kartcross e SuperBuggy organizada pela Escuderia Castelo Branco (ECB) que se realizou no Parque de Desportos Motorizados de Castelo Branco.

  • Desporto
  • Publicado: 2019-05-14
  • Autor: Diário Digital Castelo Branco

Decorreu nos passados dias 11 e 12 de abril, a segunda prova pontuável para o Campeonato de Portugal de Ralicross, Kartcross e SuperBuggy organizada pela Escuderia Castelo Branco (ECB) que se realizou no Parque de Desportos Motorizados de Castelo Branco.

O evento contou com um total de 65 pilotos inscritos e registando um novo aumento no número de audiência dentro do recinto, tal como era esperado pela organização, tendo ultrapassado, nos dois dias do evento as cinco mil pessoas. Número nunca antes alcançado. No terreno e para que estes dois dias pudessem decorrer em segurança, quer para pilotos, quer para o público, tivemos no terreno mais de 180 voluntários, aos quais, mais uma vez agradecemos o empenho demonstrado.

Em competição estiveram veículos de Ralicross, Kartcross, Superbuggys e SSV. Quanto a classes, o circuito de Castelo Branco contou com a Iniciação, Nacional (2RM), Nacional A 1.6, Super1600 e Super Cars (Div. 2). No que diz respeito aos vencedores, na divisão Iniciação, foi Gonçalo Macedo, piloto de Alijó, que conseguiu a vitória no circuito de Castelo Branco, ao volante do seu VW Polo, com um total de 8’00’’912. Este piloto já havia conseguido a vitória em Lousada. Após também vencer em Lousada, na Nacional (2RM), João Novo voltou a ganhar em Castelo Branco, com o seu Peugeot 106, a conseguir um tempo de 7’22’’076. Já em A.16, foi o Campeão Nacional em título que venceu o circuito de Castelo Branco, após também obter a vitória em Lousada. Pedro Tiago conseguiu um tempo de 7’14’’660, ao volante do seu Citröen Saxo. Na Super 1600, foi outro Campeão Nacional em título a conseguir o primeiro lugar em Castelo Branco. João Ribeiro, ao volante de um Citröen Saxo, conseguiu o melhor tempo, obtendo 7’22’’247. 1 Em Super Cars (Divisão 2), foi Carlos Pacheco, ao volante de um Subaru Impreza, que obteve o melhor resultado, com 7’43’’442. Quanto ao Kartcross, o vencedor foi Jorge Gonzaga, com um ASK EVO18, a conseguir 7’34’’095. É também o Campeão Nacional em título. Por último, mas não menos importante, na classe Super Buggy, foi o piloto de Belmonte, Mauro Reis, a conseguir o melhor tempo, com 7’48’’485, obtidos ao volante de um HSport TT. Todos os tempos das provas podem ser consultados aqui.

De recordar que em 2018 o 52º Ralicross de Castelo Branco foi considerado o melhor do país, pela FPAK, marco para o qual mais uma vez a ECB encetou os maiores esforços, para que possa manter este título de tão grande distinção organizativo. No próximo mês de junho que a ECB volta a colocar na estrada mais uma prova. 

PUB

PUB

PUB

PUB